top of page
  • Foto do escritorMari Guedes

Casos de assédio no Instituto Federal de Pirituba: Alunas são ameaçadas de morte

Aulas em Instituto Federal de SP são suspensas após ameaças de morte a alunos que protestaram contra assédio

E-mail foi enviado no sábado (27) depois que um grupo de estudantes do ensino médio protestou contra os casos de assédio na unidade de Pirituba, na Zona Norte da capital. Reitoria do campus enviou um comunicado informando a paralisação das atividades; direção registrou boletim de ocorrência.

Mais de mil alunos do Instituto Federal de Pirituba, na Zona Norte de São Paulo, tiveram as aulas suspensas pela reitoria nesta segunda-feira (29) depois que um e-mail começou a circular com ameaças de morte a estudantes que protestaram contra casos de assédio no campus. Um boletim de ocorrência foi registrado. O e-mail foi enviado no sábado (27) depois do protesto feito por um grupo de estudantes do ensino médio. Na mensagem, o autor escreveu: “se vocês querem guerra, por isso que terão”. Ele ainda ameaçou principalmente as meninas dizendo para que elas "não tenham medo de assédio, mas sim, de perder a vida". Alunos dos cursos de graduação afirmam que estão chocados com as ameaças. “É uma forma de retaliação que essas pessoas encontraram de tentar silenciar as vozes dessas vítimas que tão denunciando agora os casos de assédio”, afirmou Michel Conzfukuda. A coordenadoria de apoio ao ensino afirma que recebeu neste ano duas denúncias e que os assediadores, que são estudantes menores de idade, sofreram sanções disciplinares. Contudo, uma estudante afirma que, assim que as primeiras alunas denunciaram, outros casos de assédio apareceram. Ela diz que são, pelo menos, 23. “É uma incerteza, realmente a gente está inseguro até de vir pro campus porque como você pode ver o campus é todo aberto, lá pra baixo, ele só tem esse muro que é tipo, bem pequeno, bem baixo”, afirmou Luci Cláudia da Silva Soares. A reitoria do campus enviou um comunicado informando que vai fazer reuniões com a reitoria, servidores, alunos e com os pais. Cerca de 1.100 alunos estudam no campus do Instituto Federal de Pirituba em cursos técnicos de nível médio e superior. “A realidade é que a gente está aqui sem aula, numa baita sensação de insegurança, sem saber o que vai acontecer no dia de amanhã, a gente espera uma investigação o mais rápido possível da polícia, que consiga encontrar os responsáveis por essa ameaça e punir eles”, ressalta Michel Conzfukuda. Fonte: TV Globo



Foto Legenda: Aulas do IFSP da Zona Norte de SP foram suspensas após ameaças a alunos — Foto: Reprodução/TV Globo

7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page